sábado, 29 de dezembro de 2012

2012... Só pra não deixar batido

Como a correria corriqueira da vida corrói, certamente, os nossos costumes e comportamentos.

Último post meu: 28 de agosto de 2011. Exatos 1 ano, 4 meses e 2 dias, não é?

Praticamente havia me esquecido desse passatempo meu. Escrever bobagens. No entanto, volto com mais besteiras e bobagens acumuladas.

2011 foi um bom ano, mas não é o foco do post. Apenas uma menção para um ano que definiu certas conquistas.

2012 fincou ainda mais essas vitórias. Busquei, claro, buscar essa estruturação trabalhando muito, mas muito mesmo. O ano termina e eu estou esgotado. Mas era necessário. Entende agora o motivo de ter esquecido o blog? Sei que não justifica, mas...

Um ano no mesmo local de trabalho. Namoros. Bicos. Amadurecimento. Aprendi muito, acertei muito, errei o suficiente pra crescer e amadurecer as ideias. Afinal de contas, não só de glórias crescemos , concorda?

Tiramos lições valorosas, e espero que 2013 nos traga surpresas agradáveis, que o que vier pela frente, tenhamos força para enfrentar, superar e saber que nunca estamos sós. Espero colher sorrisos, evitar ao máximo lamúrias e lamentações e tentar viver uma vida completa, saudável e vigorosa.

Prometo que o próximo terá besteiras como de costume. Feliz Ano Novo!! Que venha 2013!!

Um comentário:

Janaína disse...

Meu amigo, você escreve bem. Confesso que achei que seria uma piada quando li o título da postagem. Espero que escreve com mais frequência. Beijão.